EDUCATTIVA WEB RÁDIO

EDUCATTIVA WEB RADIO A SUA RADIO NA INTERNET!

Quem sou eu

Minha foto
Morro Agudo, São Paulo, Brazil
Bem vindos ao nosso Blog!!! Meu nome é Humberto de Mattos, administrador deste Blog, sou TÉCNICO em Informática, JORNALISTA Mtb:62.199/SP e também RADIALISTA PROFISSIONAL há alguns anos, registrado na DRT / SP sob o nº 12652.

Deixe seu recado aqui no nosso mural !!

Eventos em Morro Agudo

Notícias dos Famosos

Política

Vice Prefeita de Orlandia, Flávia Gomes: diz que  "Vender o DAE é entregar um cheque em branco para a Administração"



A audiência para debater o projeto de lei do executivo que propõe a privatização do Departamento de Água e Esgoto de Orlândia (DAE) foi realizada ontem, 18, no Teatro Municipal. Com participação de autoridades, representantes da sociedade e população, a maioria se mostrou contrária à venda da águaA vice-prefeita Flávia Gomes não apenas se posicionou contrariamente à venda do DAE para pagamento de dívidas, como também apresentou outro caminho para soluções de longo prazo para a água e o esgoto. Ela defende a alternativa de buscar recursos no Governo Federal para os investimentos necessários.

Abaixo, extrato de seu depoimento na audiência e, acima, vídeo cedido pelo OrlândiaOnLine.

“Esta audiência pública é importante para debatermos algo essencial para o município: o abastecimento de água e o tratamento de esgoto para as próximas gerações.

“A proposta apresentada pela Administração Municipal tem vários pontos que a tornam absolutamente inaceitáveis. Ao querer vender o Departamento de Água e Esgoto, a Prefeitura mostra incapacidade de gerenciar minimamente um problema que deve ser pensado com olhos voltados para o futuro – algo que a miopia administrativa não consegue.

“Por que vender o Departamento de Água? Até agora, a Administração não apresentou nenhum nenhum motivo convincente. É para pagar dívidas? Informações dão conta de que a Prefeitura está mergulhada em dívidas, e nem sabemos devido a que. Que obras foram feitas? Onde foi gasto esse dinheiro?

“Com este Projeto de Lei 005/2011, a Administração entrega à iniciativa privada todo o departamento de água e esgoto, bem como seu gerenciamento.

"E, mais importante, população será obrigada a pagar por serviços que não sabemos como serão, nem com que critério serão definidos, e tampouco com que qualidade. Isso tudo pelos próximos vinte anos. E estes são apenas alguns dos problemas.

“Veja bem: aspectos básicos não são abordados. Que será feito das 65 famílias ligadas aos funcionários do Departamento? Serão absorvidos pela empresa vencedora? Ou engrossarão as fileiras de desempregados que enchem Orlândia? É um despropósito e uma falta de humanidade não querer dar atenção a algo grave como o desemprego.

“Aliás, quanto vale um sistema que abastece 100% de água encanada todos os 40 mil habitantes de Orlândia? Quanto vale um sistema de coleta de esgoto para uma cidade do tamanho de Orlândia?

“Quanto as empresas que concorrerão pelo atendimento do setor vão pagar pela concessão? Qual o plano de investimento a empresa deverá seguir?

Por que informações de tal importância, como essas, são sonegadas pela Prefeitura?

“Como será gasto o dinheiro obtido pela venda do Departamento de Água e Esgoto? Será na área social? Na educação? Na saúde? Em obras? Para tapar buracos nas ruas da cidade? Há tantos problemas em tantas áreas, além de dívidas...

“Outro ponto: por que não optar por buscar recursos para fazer os investimentos? O governo federal está destinando R$ 5 bilhões, isto mesmo, R$ 5 bilhões somente para o Programa Nacional de Saneamento Básico. Este é um dos maiores projetos propostos pela presidenta Dilma Roussef, que almeja ter esgoto tratado em todo o país no prazo de vinte anos.

“Sim, o Governo Federal tem recursos, tem disponibilidade e vontade política para fazer. Sendo assim, por que razão vender o Departamento de Água e Esgoto?

“A água é tida como um dos bens mais preciosos do mundo. E nossa Orlândia, com 100% de atendimento em água e esgoto, deve cuidar desse patrimônio.

“Não podemos transformar o Departamento de Água e Esgoto num cheque em branco entregue a uma Administração sem compromisso nenhum com os interesses da população.

“Agora está nas mãos dos vereadores, eleitos para defender a população e seu direitos. Obrigada.”


Fonte: http://orlandiaviva.blogspot.com/


Vice-Prefeita  Flávia Gomes reafirma: "Não podemos vender a água"



Contrária à venda do Departamento de Água e Esgoto para saldar dívidas da Prefeitura, conforme proposta do Executivo, a vice-prefeita Flávia Gomes foi ouvida pelo site Orlândia Online. Ela aponta outras soluções, como a busca de recursos do Governo Federal, já disponíveis, e questiona qual será o destino dos funcionários do Departamento. Abaixo, íntegra de seu depoimento ao site.

“O Departamento de Água e Esgoto não pode ser vendido para cobrir dívidas da Prefeitura advindas de incapacidade administrativa.

“O Ministério das cidades tem R$ 5 bilhões disponíveis para um grande programa de saneamento básico que atingirá todo o Brasil. Na semana passada, a ministra Miriam Belchior divulgou que as Prefeituras interessadas nem sequer terão de entrar com contrapartida – isto é, investimento próprio. Na verdade, o governo federal fará todo o investimento.

“Num cenário como este, por que optar pela venda de ativos da Prefeitura, um bem público construído pelas mãos dos orlandinos? Atualmente, Orlândia é uma das campeãs brasileiras em saneamento básico, aponta uma pesquisa da Fundação Getúlio Vargas.

“Mas não basta ficarmos discutindo isso em casa. A nossa água e o nosso esgoto correm o risco de parar nas mãos de uma empresa privada, da qual nós, cidadãos, não temos nenhum controle.

“Quero convidar a todos os orlandinos para participarem da audiência pública sobre a privatização do departamento de água. Ela será realizada quarta-feira, às 19h, no Teatro Municipal.”



Entrevista Flávia na ORC dia 16 de maio de 2011 from Orlândia Viva on Vimeo.

A ORC entrevistou, ao vivo, a vice-prefeita Flávia Mendes Gomes, na segunda-feira, 16. O jornalista Chéster Martins conversou sobre os problemas econômicos da cidade e também sobre a proposta de privatização do sistema de água e esgoto de Orlândia, proposta pela Prefeitura.


"Não precisamos vender nada para cobrir despesas da Prefeitura", disse Flávia Gomes. O Governo Federal anunciou investimentos de R$ 5 bilhões no setor de saneamento básico em todo o país. Para ela, não há necessidade de vender o DAE quando há possibilidade de obter recursos para investimento.


Outro assunto abordado foram os problemas econômicos enfrentados por Orlândia. O jornalista utilizou as informações divulgadas pelo blog Orlândia Viva para basear a entrevista.


O deputado federal Marco Feliciano também esteve na ORC, e novamente se colocou à disposição para solicitar recursos para Orlândia.

___________________________________________________________________________

Atos de corrupção do Brasil dos Absurdos

Só para relembrar, aqueles que viveram, e para conhecer um pouco da História recente do Brasil, os mais novos.
Recebi esta listagem por email, mas os links muitos estavam errados ou velhos, então retirei todos.
Quem quiser, copie o nome e pergunte ao deus google.
Vale a pena guardar pra gente estar sempre lembrando no país de merda que vivemos.
E não pense que a “culpa” é dos políticos não!
A culpa é NOSSA, desse povo de merda que sonha em poder chegar ao poder e fazer a mesma coisa!
Com raras exceções, é claro.
Mas estas exceções não vão ao poder e, se chegam lá, são espulsos, corruptados ou mortos.
Difícil achar solução.
Nesta lista temos militares, civis, ricos, pobres, classes médias, brancos, negros, pardos, amarelos… o povo brasileiro.

Governo Ernesto Geisel ( 1974- 1979)

1. Caso Wladimir Herzog
2. Caso Manuel File Filho
3. Caso Lutfala
4. Caso Atalla
5. Ângelo Calmon de Sá (ministro acusado de passar um gigantesco cheque Sem fundos)
6. Lei Falcão (1976)
7. Pacote de Abril (1977)
8. Grandes Mordomias dos Ministros

Governo João Figueiredo (1979- 1985)

1. Caso Capemi
2. Caso do Grupo Delfim
3. Escândalo da Mandioca
4. Escândalo da Brasilinvest
5. Escândalo das Polonetas
6. Escândalo do Instituto Nacional de Assistência Médica do INAMPS
7. Caso Morel
8. Crime da Mala
9. Caso Coroa-Brastel
10. Escândalo das Jóias

Governo Sarney ( 1985- 1990)

1. CPI DA Corrupção
2. Escândalo do Ministério das Comunicações (Grande número de concessões de rádios e TVs para políticos aliados ou não Ao Sarney. A concessão é em troca de cargos, votos ou apoio Ao presidente)
3. Caso Chiarelli (Dossiê do Ant?nio Carlos Magalhães contra o senador Carlos Chiarelli ou ‘Dossiê Chiarelli’)
4. Caso Imbraim Abi-Ackel
5. Escândalo da Administração de Orestes Quécia
6. Escândalo do Contrabando das Pedras Preciosas
7. Governo Fernando Collor (1990- 1992)
8. Escândalo da Aprovação da Lei da Privatização das Estatais
9. Programa Nacional de Desestatização
10. Escândalo do INSS (ou Escândalo da Previdência Social)
11. Escândalo do BCCI (ou caso Sérgio Corrêa da Costa)
12. Escândalo da Ceme (Central de Medicamentos)
13. Escândalo da LBA
14. Esquema PP
15. Esquema PC (Caso Collor)
16. Escândalo da Eletronorte
17. Escândalo do FGTS
18. Escândalo da Ação Social
19. Escândalo do BC
20. Escândalo da Merenda
21. Escândalo das Estatais
22. Escândalo das Comunicações
23. Escândalo da Vasp
24. Escândalo do Fundo de Participação
25. Escândalo do BB

Governo Itamar Franco ( 1992- 1995)

1. Centro Federal de Inteligência (Criação da CFI para combater corrupção em todas as esferas do governo)
2. Caso Edmundo Pinto
3. Escândalo do DNOCS (Departamento Nacional de Obras contra a Seca) (ou caso Inocêncio Oliveira )
4. Escândalo da IBF ( Indústria Brasileira de Formulários)
5. Escândalo do INAMPS ( Instituto Nacional de Assistência Previdência Social)
6. Irregularidades no Programa Nacional de Desestatização
7. Caso Nilo Coelho
8. Caso Eliseu Resende
9. Caso Queiroz Galvão (em Pernambuco)
10. Escândalo da Telemig (Minas Gerais)
11. Jogo do Bicho (ou Caso Castor de Andrade) (no Rio de Janeiro)
12. Caso Ney Maranhão
13. Escândalo do Paubrasil (Paubrasil Engenharia e Montagens)
14. Escândalo da Administração de Roberto Requião
15. Escândalo da Cruz Vermelha Brasileira
16. Caso José Carlos da Rocha Lima
17. Escândalo da Colac (no Rio Grande do Sul)
18. Escândalo da Fundação Padre Francisco de Assis Castro Monteiro (em Ibicuitinga, Ceará)
19. Escândalo da Administração de Ant?nio Carlos Magalhães (Bahia)
20. Escândalo da Administração de Jaime Campos (Mato Grosso)
21. Escândalo da Administração de Roberto Requião (Paraná)
22. Escândalo da Administração de Ottomar Pinto (em Roraima)
23. Escândalo da Sudene de Pernambuco
24. Escândalo da Prefeitura de Natal (no Rio Grande do Norte)
25. CPI do Detran (em Santa Catarina)
26. Caso Restaurante Gulliver (tentativa do governador Ronaldo Cunha Lima matar o governador antecessor Tarcísio Burity, por causa das denúncias de Irregularidades naSudene de Paraíba)
27. CPI do Pó (em Paraíba)
28. Escândalo da Estacom (em Tocantins)
29. Escândalo do Orçamento da União (ou Escândalo dos Anões do Orçamento ou CPI do Orçamento)
30. Compra e Venda dos Mandatos dos Deputados do PSD
31. Caso Ricupero (também conhecido como ‘Escândalo das Parabólicas’).

Governo Fernando Henrique (1995- 2003)

1. Escândalo do Sivam
2. Escândalo da Pasta Rosa
3. Escândalo da CONAN
4. Escândalo da Administração de Paulo Maluf
5. Escândalo do BNDES (verbas para socorrerem ex-estatais privatizadas)
6. Escândalo da Telebrás
7. Caso PC Farias
8. Escândalo da Compra de Votos Para Emenda DA Reeleição
9. Escândalo da Venda da Companhia Vale do Rio Doce (CVRD)
10. Escândalo da Previdência
11. Escândalo da Administração do PT (primeira denúncia contra o Partido dos Trabalhadores desde a fundação em 1980, feito pelo militante do partido Paulo de Tarso Venceslau)
12. Escândalo dos Precatórios
13. Escândalo do Banestado
14. Escândalo da Encol
15. Escândalo da Mesbla
16. Escândalo do Banespa
17. Escândalo da Desvalorização do Real
18. Escândalo dos Fiscais de São Paulo (ou Máfia dos Fiscais)
19. Escândalo do Mappin
20. Dossiê Cayman (ou Escândalo do Dossiê Cayman ou Escândalo do Dossiê Caribe)
21. Escândalo dos Grampos Contra FHC e Aliados
22. Escândalo do Judiciário
23. Escândalo dos Bancos
24. CPI do Narcotráfico
25. CPI do Crime Organizado
26. Escândalo de Corrupção dos Ministros no Governo FHC
27. Escândalo da Banda Podre
28. Escândalo dos Medicamentos
29. Quebra do Monopólio do Petróleo (criação DA ANP)
30. Escândalo da Transbrasil
31. Escândalo da Pane DDD do Sistema Telef?nico Privatizado (o ‘Caladão’)
32. Escândalo dos Desvios de Verbas do TRT-SP (Caso Nicolau dos Santos Neto , o ‘Lalau’)
33. Escândalo da Administração da Roseana Sarney (Maranhão)
34. Corrupção na Prefeitura de São Paulo (ou Caso Celso Pitta)
35. Escândalo da Sudam
36. Escândalo da Sudene
37. Escândalo do Banpará
38. Escândalo da Quebra do Sigilo do Painel do Senado
39. Escândalos no Senado em 2001
40. Escândalo da Administração de Mão Santa (Piauí)
41. Caso Lunus (ou Caso Roseana Sarney)
42. Acidentes Ambientais da Petrobrás
43. Abuso de Medidas Provisórias (5.491)
44. Escândalo do Abafamento das CPIs no Governo do FHC

e agora…
Uma pequena AMOSTRA do Governo Lula
CALMA… Vai ter muito mais!!!

1. Caso Pinheiro Landim
2. Caso Celso Daniel
3. Caso Toninho do PT
4. Escândalo dos Grampos Contra Políticos da Bahia
5. Escândalo do Proprinoduto (também conhecido como Caso Rodrigo Silveirinha )
6. CPI do Banestado
7. Escândalo da Suposta Ligação do PT com o MST
8. Escândalo da Suposta Ligação do PT com a FARC
9. Privatização das Estatais no Primeiro Ano do Governo Lula
10. Escândalo dos Gastos Públicos dos Ministros
11. Irregularidades do Fome Zero
12. Escândalo do DNIT (envolvendo os ministros Anderson Adauto e Sérgio Pimentel)
13. Escândalo do Ministério do Trabalho
14. Licitação Para a Compra de Gêneros Básicos
15. Caso Agnelo Queiroz (O ministro recebeu diárias do COB para os Jogos Panamericanos)
16. Escândalo do Ministério dos Esportes (Uso da estrutura do ministério para organizar a festa de aniversário do ministro Agnelo Queizoz)
17. Operação Anaconda
18. Escândalo dos Gafanhotos (ou Máfia dos Gafanhotos)
19. Caso José Eduardo Dutra
20. Escândalo dos Frangos (em Roraima)
21. Várias Aberturas de Licitações da Presidência da República Para a Compra de Artigos de Luxo
22. Escândalo da Norospar (Associação Beneficente de Saúde do Noroeste do Paraná)
23. Expulsão dos Políticos do PT
24. Escândalo dos Bingos (Primeira grave crise política do governo Lula) (ou Caso Waldomiro Diniz)
25. Lei de Responsabilidade Fiscal (Recuos do governo federal da LRF)
26. Escândalo da ONG Ágora
27. Escândalo dos Corpos (Licitação do Governo Federal para a compra de 750 copos de cristal para vinho, champagne, licor e whisky)
28. Caso Henrique Meirelles
29. Caso Luiz Augusto Candiota (Diretor de Política Monetária do BC, é acusado de movimentar as contas no exterior e demitido por não explicar a movimentação)
30. Caso Cássio Caseb
31. Caso Kroll
32. Conselho Federal de Jornalismo
33. Escândalo dos Vampiros
34. Escândalo das Fotos de Herzog
35. Uso dos Ministros dos Assessores em Campanha Eleitoral de 2004
36. Escândalo do PTB (Oferecimento do PT para ter apoio do PTB em troca de cargos, material de campanha e R$ 150 mil reais a cada deputado)
37. Caso Antônio Celso Cipriani
38. Irregularidades na Bolsa-Escola
39. Caso Flamarion Portela
40. Irregularidades na Bolsa-Família
41. Escândalo de Cartões de Crédito Corporativos da Presidência
42. Irregularidades do Programa Restaurante Popular (Projeto de restaurantes populares beneficia prefeituras administradas pelo PT)
43. Abuso de Medidas Provisórias no Governo Lula entre 2003 e 2004 (mais de 300)
44. Escândalo dos Correios (Segunda grave crise política do governo Lula. Também conhecido como Caso Maurício Marinho)
45. Escândalo do IRB
46. Escândalo da Novadata
47. Escândalo da Usina de Itaipu
48. Escândalo das Furnas
49. Escândalo do Mensalão (Terceira grave crise política do governo. Também conhecido como Mensalão)
50. Escândalo do Leão & Leão (República de Ribeirão Preto ou Máfia do Lixo ou Caso Leão & Leão)
51. Escândalo da Secom
52. Esquema de Corrupção no Diretório Nacional do PT
53. Escândalo do Brasil Telecom (também conhecido como Escândalo do Portugal Telecom ou Escândalo da Itália Telecom)
54. Escândalo da CPEM
55. Escândalo da SEBRAE (ou Caso Paulo Okamotto)
56. Caso Marka/FonteCindam
57. Escândalo dos Dólares na Cueca
58. Escândalo do Banco Santos
59. Escândalo Daniel Dantas – Grupo Opportunity (ou Caso Daniel Dantas)
60. Escândalo da Interbrazil
61. Caso Toninho da Barcelona
62. Escândalo da Gamecorp-Telemar (ou Caso Lulinha)
63. Caso dos Dólares de Cuba
64. Doação de Roupas da Lu Alckmin
65. Doação de Terninhos de Marísa da Silva
66. Escândalo da Nossa Caixa
67. Escândalo da Quebra do Sigilo Bancário do Caseiro Francenildo (Quarta grave crise política do governo Lula. Também conhecido como Caso Francenildo Santos Costa)
68. Escândalo das Cartilhas do PT
69. Escândalo do Banco BMG (Empréstimos para aposentados)
70. Escândalo do Proer
71. Escândalo dos Fundos de Pensão
72. Escândalo dos Grampos na Abin
73. Escândalo do Foro de São Paulo
74. Esquema do Plano Safra Legal (Máfia dos Cupins)
75. Escândalo do Mensalinho
76. Escândalo das Vendas de Madeira da Amaz?nia (ou Escândalo Ministério do Meio Ambiente).
77. 69 CPIs Abafadas pelo Geraldo Alckmin (em São Paulo)
78. Escândalo de Corrupção dos Ministros no Governo Lula
79. Crise da Varig
80. Escândalo das Sanguessugas (Quinta grave crise política do governo Lula. Inicialmente conhecida como Operação Sanguessuga e Escândalo das Ambulâncias)
81. Escândalo dos Gastos de Combustíveis dos Deputados
82. CPI da Imigração Ilegal
83. CPI do Tráfico de Armas
84. Escândalo da Suposta Ligação do PT com o PCC
85. Escândalo da Suposta Ligação do PT com o MLST
86. Operação Confraria
87. Operação Dominó
88. Operação Saúva
89. Escândalo do Vazamento de Informações da Operação Mão-de-Obra
90. Escândalo dos Funcionários Federais Empregados que não Trabalhavam
91. Mensalinho nas Prefeituras do Estado de São Paulo
92. Escândalo dos Grampos no TSE
93. Escândalo do Dossiê (Sexta grave crise política do governo Lula)
94. ONG Unitrabalho
95. Escândalo da Renascer em Cristo
96. CPI das ONGs
97. Operação Testamento
98. CPI do Apagão Aéreo ( Câmara dos Deputados)
99. Operação Hurricane (também conhecida Operação Furacão)
100. Operação Navalha
101. Operação Xeque-Mate
102. Escândalo da Venda da Varig

Etc.
(Lista desatualizada – quem tiver maiores informações, mandar nos comentários)

Fonte: http://blogjunto.com/brasildosabsurdos/category/politica-suja/




A COISA ESTÁ FICANDO PRETA

Os fatos abaixo relatados são certamente de seu conhecimento mas, a sua reunião num só artigo impressiona e os faz, mais ainda, dignos de consideração face à eleição que se aproxima.

A COISA ESTÁ FICANDO PRETA.  PATRULHAMENTO GERAL...
O primeiro jornalista a sofrer cerceamento do direito de bem informar, em consequência dos seus verdadeiros, contundentes e procedentes comentários contra os desmandos do atual governo, foi o Boris Casoy. De acordo com o noticiário da época, ele foi demitido a pedido do próprio Lula, entretanto, a coisa vem se agravando de maneira avassaladora e perigosa. Vejamos:

O Programa do Jô tirou do ar (sem dar qualquer satisfação ao público) o quadro "As Meninas do Jô", que era apresentado às quartas-feiras, onde as jornalistas Lilian Witifibe, Ana Maria Tahan, Cristiana Lobo, Lúcia Hippólito e, por vezes, outras mais, traziam a público e debatiam todas as falcatruas perpetradas por essa corja de corruptos que se apossou do País. As entrevistas sobre temas políticos não têm sido mais levadas a efeito, atualmente. Virou um programa de amenidades e sem qualquer brilhantismo.

O jornalista Arnaldo Jabor, considerado desafeto pelo governo atual, vem sofrendo, de forma velada e sistemática, todo tipo de retaliação. Já foi processado, condenado, amordaçado e por aí vai. Sua participação diária às 07h10 na Rádio CBN tem se limitado a assuntos sem a relevância que tinha, haja vista que está impedido de falar sobre assuntos que envolvam a política nacional e o atual governo.

A jornalista Lúcia Hippólito, que tinha uma participação diária às 07h55 na Rádio CBN, não está mais ocupando o microfone da emissora como fazia e nenhum comunicado foi feito pelo âncora do horário, o jornalista Heródoto Barbeiro. Sorrateiramente, colocaram-na como âncora em outro horário, em que enfoca matérias mais amenas e sem a habitual, verdadeira e procedente contundência.

Diogo Mainard, da Revista Veja, além de processado, vem sofrendo várias ameaças de morte por parte do jornal do MR-8 (que faz parte da base aliada ao Lula) e de integrantes dos chamados "Movimentos Sociais". Ele mudou-se do Brasil...

O jornal "Estadão" de São Paulo está sob forte censura governamental há pelo menos 200 dias.

Pelo que se vê, Fidel Castro está fazendo escola na América do Sul. O primeiro a colocar em prática esses ensinamentos, aniquilando o direito de imprensa, foi Hugo Chaves, e o PresiMENTE Lula está trilhando o mesmo caminho.

Constitucionalmente:
Onde está o ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO?
Onde está o LIVRE DIREITO DE MANIFESTAÇÃO?
Onde está a LIBERDADE DE EXPRESSÃO?
Onde está a LIBERDADE DE UMA NAÇÃO? Onde estão os Sindicatos e Instituições de classe, que nada fazem?
Onde estão as passeatas para parar com esta ditadura?

Poema para refletir:

Poema DA MENTE
Affonso Romano de Sant`Anna

Há um presidente que mente,
Mente de corpo e alma, completa/mente.

E mente de maneira tão pungente
Que a gente acha que ele mente sincera/mente,
Mais que mente, sobretudo, impune/mente...

Indecente/mente.
E mente tão nacional/mente,
Que acha que, mentindo história afora,
Vai nos enganar eterna/mente.